domingo, 2 de maio de 2010

Zeca


E quando ele abre a boca,
eu fecho os olhos.
Ele abre o horizonte e eu mergulho em minha imaginação!

Entre batuques, solos de guitarra, forrá, maracatu, rock e rap.
Sua variedade é quase a do meu coração brasileiro,
onde cabe o samba de Maria Rita e o Jazz da Leni Andrade.
É tão eclético como o centro de São Paulo e a feira de Caruaru.

Quero sua arte em todos os muros da cidade e nos escapamentos dos carros!

Quero outro bis!

[Zeca Baleiro e banda, SESC Interlagos 1° de maio de 2010, com Sarah e Felipe]

6 comentários:

  1. Ah... teria sido um ótimo 1º de Maio...

    ResponderExcluir
  2. haha ele arrasa muito!
    O show dele é muito engraçado, ele é muito verdadeiro, né!

    ResponderExcluir
  3. Mas cadê a fot do teu rosto em frente ao show?

    Fique com Deus, menina Nathi.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Registre você também o seu pretexto, Obrigada!
=]